REFLEXOS

Durante a primeira aparição, a Irmã Lúcia conta que Nossa Senhora “abriu pela primeira vez as mãos, comunicando-nos uma luz tão intensa, como que reflexo que delas expedia, que penetrando-nos no peito e no mais íntimo da alma”. Quando a fé é universal segue em direcções diferentes e, assumidamente, torna-se a realidade de Fátima. A luz que é reflectida segue em todas as direcções. Não apenas nos rostos mas por todo o lado: cada poça de água ou cada superfície espelhada servem de recurso para intensificar a crença.